FÁBIO MIRANDA

Fabio Miranda

O artista é ligado à música e ao teatro. Atua como violeiro e professor de viola caipira em diversas formações e projetos. Com a viola também desenvolve trabalhos de formação de orquestras de viola como a “Orquestra Roda de Viola” em Brasília (DF) e a “Orquestra de Viola de Franco da Rocha”. Em seu mestrado na ECA/USP pesquisou sobre processos lúdicos para o ensino da viola caipira. Como violeiro, integra os grupos Caravana Solidão com o espetáculo Ser ou não sertanejo e Babel com o espetáculo Mistura Porã. Tem três CDs gravados: “Caravana Solidão” (2012), “Chamamento” (2016) e “Nonada” (2014), este com a banda brasiliense Judas. Integra a rede de anfitriões que produz a “Violada – circuito autoral das violas brasileiras”, iniciativa que já abrange diversas cidades paulistas e que promove espaços e meios de circulação de artistas independentes ligados à viola. Também possui formação acadêmica em Artes Cênicas pela Universidade de Brasília e atua como diretor musical e músico de cena em peças de teatro e produções audiovisuais. Foi premiado em festivais nacionais com suas composições autorais gravadas, além de ser contemplado com prêmios de trilha sonora em festivais nacionais e internacionais de teatro realizados no Brasil.