TEIA DE ARAME

Teia de Arame Conduite Producoes Artisticas

Instrumentos musicais presentes em manifestações populares brasileiras, a viola e o berimbau são símbolos de brasilidade. Nas mãos cuidadosas dos irmãos Fábio e Fernando Miranda esses instrumentos são colocados frente a frente num diálogo potente que parte dos toques tradicionais de capoeira e também dos ritmos da música caipira. O berimbau e a viola são levados ao limite de suas possibilidades, num jogo sonoro que desconstrói seus idiomatismos através do improviso, dos arranjos e do uso de tecnologias digitais, como o pedal loopstation. Os irmãos músicos – ambos pesquisadores dos instrumentos que tocam – oferecem ao público uma experiência musical que transita pelas rodas de viola e capoeira, e que também tecem fios para além de seus lugares conhecidos e consagrados. Com profundo respeito pelas culturas que acolhem, preservam e transmitem os saberes populares, propondo um jogo de aproximação e distanciamento dessas referências tradicionais, conduzindo o público à uma linha que ora se entrelaça na tradição, ora se esvoaça no ar, tecendo assim essa Teia de Arame.

FÁBIO MIRANDA

fabio miranda conduite producoes artisticas

É violeiro, cantador e compositor, tem três CDs autorais gravados com músicas premiadas em festivais pelo Brasil afora. Além de atuar como músico, também é professor e pesquisador da viola caipira.

FERNANDO MIRANDA

fernando miranda conduite producoes artisticas

É percussionista, educador, chorão e capoeirista membro do Centro Cultural de Capuêra Angola Paraguassu. Fundou a Orquestra Paraguassu de Berimbaus Afinados. Integra o trio Ybiará, o Coletivo Xoro Xangô, e a bateria Furiosa da escola de samba Camisa Verde e Branco.